Fundação Cidade das Artes

Notícias » As histórias de Augusto Pessôa

Setembro de 2013

dia 02, Segunda

As histórias de Augusto Pessôa

augustop

Neste último sábado, o autor e contador de histórias Augusto Pessôa marcou presença na Sala de Leitura da Cidade das Artes, trazendo histórias e adivinhas para o público. Os contos populares selecionados para essa tarde divertida foram “A rã e o Boi”, “João sem medo”, “Mussa”, e “O macaco e a velha”, sendo que alguns deles estão presentes nos livros publicados pelo autor: “Macacada” e “Bá e as Visagens”.

Em entrevista, Augusto diz que a experiência de contar histórias é revigorante: ”Não importa o seu estado, depois de contar histórias você se sente outra pessoa”. E foi por contar histórias que ele também passou a escrevê-las. Seu primeiro convite para escrever foi para um livro com as histórias que ele mais gostava de contar, chamado “Felizes para Sempre”. Hoje, o autor já possui 14 livros publicados.

Ele ainda não conhecia o espaço, mas achou o local maravilhoso. Disse que o público precisa conhecer melhor e aproveitar esse ambiente de cultura.

A Sala de Leitura é uma parceria da Cidade das Artes com o Rio Design. Acompanhe a nossa programação pelo site. Os eventos são gratuitos.

Demais notícias

Outubro de 2014

dia 26
Domingo

The Police

Apesar de ter durado menos de uma década, The Police é considerada uma das melhores bandas de rock da década de 80. A banda lançou seu primeiro álbum em 1977, já com o nome de “The Police”.

[+] leia mais

Outubro de 2014

dia 25
Sábado

Múltiplo talento

Maestro ou Mestre Duda, José Ursicino da Silva, nasceu em Goiana interior de Pernambuco, em 23 de dezembro de 1935. Começou a estudar música aos oito anos de idade e aos dez já era integrante da banda Saboeira, foi quando escreveu sua primeira composição, o frevo “Furacão”.

[+] leia mais

Outubro de 2014

dia 24
Sexta

Regente precoce

Nascido em Porto Alegre, Radamés Gnatalli é um compositor, arranjador e instrumentista, cuja obra contribuiu para acabar com as barreiras entre a música erudita e a composição popular. Filho de pianista gaúcha, e de um imigrante italiano, iniciou seus estudos com a mãe aos seis anos de idade e aos 9 anos ganhou um prêmio por sua atuação como regente de uma orquestra infantil.

[+] leia mais

Outubro de 2014

dia 23
Quinta

Clóvis Pereira, o caboclinho do maracatu

Compositor de frevos e maracatus, além de obras para coro e orquestra sinfônica, Clóvis Pereira herdou do pai, o clarinetista Luiz Gonzaga Pereira dos Santos, da Banda Musical Nova Euterpe, a paixão e o talento para a música. Mas foi com muito estudo que Clóvis aprimorou sua vocação e se consagrou de fato como músico e compositor.

[+] leia mais

Outubro de 2014

dia 22
Quarta

Um homem da música

Ernesto Nazareth aprendeu piano desde cedo com a mãe que tocava valsas, modinhas e principalmente polcas, em saraus e reuniões de amigos. Nascido no Rio de Janeiro, foi o maior compositor de tangos brasileiros.

[+] leia mais

Outubro de 2014

dia 21
Terça

Programa delicioso de sábado passado

No dia 19 de outubro, no Teatro Câmara aconteceu um show muito descontraído e animado de uma das cantoras do cenário musical atual, Thaís Gulin. A fusão de muita simpatia, técnica e talento, fizeram do concerto um momento bem divertido e interativo.

[+] leia mais

Outubro de 2014

dia 20
Segunda

Trombone erudito

Instrumentista e arranjador, nascido em São Paulo, no dia 5 de dezembro de 1922, Gilberto Gagliardi começou a estudar com o pai, José Gagliardi, entrando para o curso de iniciação musical na Escola Nacional de Música da Universidade do Brasil, do Rio de Janeiro, em 1938. Nessa mesma época, tocou em várias orquestras, logo após essas apresentações, gravou suas primeiras  músicas de carnaval.

[+] leia mais

Outubro de 2014

dia 18
Sábado

Um inovador da música brasileira

Além de agregar muito à música brasileira fazendo parte do grupo de músicos intelectuais, Tom Zé ainda esteve presente na luta contra a ditadura e formação da consciência política nacional.   Antonio José Santana Martins nasceu em Irajá, Bahia, em 13 de outubro de 1936.

[+] leia mais

Outubro de 2014

dia 17
Sexta

Mania de explicação

Adriana Falcão, carioca de 48 anos, conseguiu a difícil façanha de viver de escrever  no Brasil. Roteirista, escreveu séries como comédias da “Vida Privada”, “Mulher” e “A  Grande Família”, além de roteiros para cinema.

[+] leia mais

Outubro de 2014

dia 16
Quinta

William Christie

A identificação do maestro William Christie com o repertório francês é tão grande que nem parece que ele é um americano, nascido em Buffalo, estado de New York. Ou então que, ao ingressar em Harvard, sonhava em ser médico.

[+] leia mais