Fundação Cidade das Artes

Programação » Medalhas de Ouro do Piano - Vadym Kholodenko

Evento Encerrado

Medalhas de Ouro do Piano - Vadym Kholodenko

vadym

Release

A série MEDALHAS DE OURO DO PIANO apresenta em 2014, na Cidade das Artes, três extraordinários jovens pianistas vencedores dos concursos internacionais de piano de maior prestígio no mundo.


Programação

21 de Setembro – 17 horas

VADYM KHOLODENKO (27 anos) – Pianista vencedor do Concurso Internacional Van Cliburn nos Estados Unidos

 

Programa: Liszt, Debussy e Stravisnky

 

Em 2013, Vadym Kholodenko venceu o 1º Prêmio e o prêmio de “Melhor Intérprete de Música de Câmara” no Concurso Internacional Van Cliburn, nos Estados Unidos. Ele também recebeu o 1º Prêmio no Schubert Piano Competition  (2012, Alemanha) e 1º Prêmio no Sendai Piano Competition (2010, Japão).

 

Kholodenko foi convidado pelo Maestro Valery Gergiev para ser artista em residência do Teatro Mariinsky, onde se apresentou em várias ocasiões. Tocou também sob a direção de Leonard Slatkin, Yuri Bashmet e Vladimir Spivakov na Europa, Estados Unidos e na Ásia. Recentemente, Vadym tocou com a Orquestra da Filadélfia, recebendo a unanimidade do público e da crítica especializada.

Música

Informações Gerais

Datas

21/09

Horários

17:00

Local

Cidade das Artes

Sala

Sala I

Preços

Plateia: R$ 30,00

Em caso de compra de ingresso pelo call center ou pelo site é possível escolher somente o setor que você deseja. O próprio sistema identifica as cadeiras livres no setor escolhido e emite os ingressos referentes aos lugares vagos. Comprando o ingresso diretamente na bilheteria da Cidade das Artes é possível escolher setor e cadeira.

Demais Eventos da Programação

contação de historias Contação de Histórias 06/09 a 27/12 Arte e Educação A cada sábado novas histórias e aventuras são apresentadas pelas mediadoras da Sala de Leitura da Cidade das Artes.   Traga sua família e venha se divertir!       [+] saiba mais saltimbancos Os Saltimbancos Trapalhões - O Musical 03/10 a 30/11 Teatro O currículo de Renato Aragão dispensa apresentações. Um dos artistas mais amados e populares de todo o país, fez história na televisão brasileira – com o fenômeno ‘Os Trapalhões’, em que eternizou o personagem Didi, ícone da comédia brasileira – e no cinema, recordista de bilheteria em mais de 50 filmes que marcaram tantas gerações. Prestes a completar 80 anos, ele prepara uma nova estreia: pela primeira vez, fará um espetáculo teatral. Renato protagoniza ‘Os Saltimbancos Trapalhões’, novo musical de Charles Möeller & Claudio Botelho, em cartaz a partir de 03 de outubro na Grande Sala da Cidade das Artes, com produção da Möeller & Botelho e patrocínio da Bradesco Seguros. Dedé Santana, eterno companheiro artístico de Renato em todos estes anos, também estará no elenco da superprodução, ao lado de mais 31 atores e orquestra. Assinado por Charles Möeller, o texto da montagem foi inspirado no conto ‘Os Músicos de Bremen’, que também deu origem à peça ‘Os Saltimbancos’, dos italianos Sergio Bardotti e Luis Enríquez, e ao filme ‘Os Saltimbancos Trapalhões’ (1981), da RA Produções. Chico Buarque foi o responsável por todas as letras das canções e criou clássicos como ‘Piruetas’, ‘História de Uma Gata’ e ‘Hollywood’, que naturalmente fazem parte desta versão para o teatro. ‘Partimos da história original e inserimos novos personagens e situações. Renato nos deixou muito à vontade para criar. A ideia é fazer uma festa em grande estilo para seus 80 anos e esta estreia no teatro, além de celebrar também os 70 anos de Chico Buarque. É um momento muito especial’, avalia Claudio Botelho. ‘Eu nunca fiz teatro na minha vida, pisar no palco é uma novidade, mas fiquei muito tranquilo por estar com Charles e Claudio’, conta Renato, que terá, em cena, a companhia de Roberto Guilherme e Tadeu Mello, seus antigos parceiros na televisão, da filha Lívian Aragão e de experientes nomes do teatro musical, além de uma série de acrobatas e artistas de circo. A equipe criativa traz a marca da Möeller & Botelho, com arranjos e regência do maestro Marcelo Castro, cenários de Rogério Falcão, iluminação de Paulo Cesar Medeiros, coreografias de Alonso Barros e coordenação artística de Tina Salles. A figurinista Luciana Buarque (‘Meu Pedacinho de Chão’) integra o time criativo M&B pela primeira vez. No palco, o foco é na história de Didi e Dedé, dois funcionários humildes que se tornam a grande atração de um circo por conta da incrível capacidade de fazer o público rir. O sucesso desperta a ira do Barão (Roberto Guilherme), dono do circo, e do mágico Assis Satã (Nicola Lama), que passam a persegui-los. Personagens como a vilã Tigrana (Adriana Garambone) e a mocinha Karina (Gisele Prattes) ajudam a criar ainda mais confusões. ‘’Os Saltimbancos Trapalhões’ será um espetáculo para toda a família, assim como fizemos nas montagens de ‘O Mágico de Oz’ e ‘A Noviça Rebelde’ e como o Renato fez a vida inteira na televisão e no cinema’, comenta Charles Möeller.    Uma nova adaptação   Para Charles, o grande desafio foi recontar a história com uma estrutura de teatro musical, em que as canções apareçam de forma orgânica e os números surpreendam pela inventividade cênica e coreográfica. Além dos atores, estarão em cena dez artistas de circo selecionados em disputada audição, entre acrobatas, malabaristas, contorcionistas e trapezistas. ‘Eles estão acostumados a se apresentar em picadeiros, em arenas, e agora se adaptaram ao palco italiano e à contracena com os outros atores e bailarinos, que, na via inversa, precisaram desenvolver as habilidades circenses’, conta Charles.   O diretor ressalta que o espetáculo é também uma grande homenagem à profissão de artista, ao valorizar o caráter artesanal do ofício e, principalmente, ao sublinhar o aspecto singelo e mambembe do circo. O cenário, de Rogerio Falcão, foi todo pintado manualmente e não tem recursos tecnológicos, enquanto os figurinos, de Luciana Buarque, misturam referências de diversas nacionalidades e culturas, típico do universo retratado.  O circo que aparece em cena é decadente, mas acaba de reencontrar o sucesso com o musical que Didi e Dedé montam por lá.   ‘Na adaptação, Didi encontra o conto dos Irmãos Grimm (‘Os Músicos de Bremen’) dentro de uma garrafa, resolve encená-lo como um musical e vira um fenômeno popular’, resume Charles, que trabalha com canções de Chico Buarque pela sexta vez, depois dos sucessos ‘Na Bagunça do Teu Coração’ (1997), ‘Suburbano Coração’ (2002), ‘Ópera do Malandro’ (2003), ‘Ópera do Malandro em Concerto’ (2006) e ‘Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos’ (2014). [+] saiba mais foto Conversa com o escritor Rogério Andrade Barbosa 26/11 Arte e Educação O escritor fala sobre seus livros com contos africanos e sua experiência vivida em alguns países da África.  [+] saiba mais Ricardo Encontro com Shakespeare - Ricardo III 28/11 a 29/11 Teatro “Ricardo III”, obra de William Shakespeare, um dos maiores dramaturgos do teatro ocidental, pelas mãos do ator Gustavo Gasparani e do diretor Sergio Módena, chega agora à Cidade das Artes, vindo de temporadas de enorme sucesso, com lotação esgotada e elogios do público e crítica no Espaço SESC, no Teatro Maria Clara Machado e no Teatro Poeirinha. As palavras de Fernanda Montenegro, a seguir, comprovam esse reconhecimento: “Todas as glórias para Gustavo, pela inteligência, qualidade de ator, pela a coragem de enfrentar um texto dessa ordem e nos prender o tempo todo com tanta integridade e com tanto talento”.  Gustavo Gasparani recebeu indicações aos Prêmios Shell e Cesgranrio como melhor ator por este espetáculo e também foi indicado como diretor e autor pelo espetáculo Samba Futebol Clube, que teve no total doze indicações.   “Ricardo III” narra um pedaço da história da Inglaterra. É um dos primeiros dramas históricos escritos por William Shakespeare e encerra em si um dos contos mais tenebrosamente sedutores que já se ergueram em cena. Sua obra encanta diferentes gerações graças à universalidade dos seus temas e à beleza poética que emerge de sua escrita.   O texto traz uma visão rica dos bastidores políticos no que se refere à imoralidade e à ambição desmesurada para se alcançar o poder. Mesmo tendo se passado pouco mais de quatro séculos, os temas abordados servem para refletirmos sobre o mundo em que vivemos. “Ricardo III” discute a luta por poder, intrigas, e a hipocrisia da política.   Nesse projeto, Gustavo Gasparani e Sergio Módena voltaram a trabalhar juntos. A dupla já havia firmado uma parceria de sucesso em 2012, quando dirigiram o musical “As Mimosas da Praça Tiradentes”, que deu a Gustavo o prêmio Shell de melhor ator. Em 2013, Sergio Módena dirigiu “A Arte da Comédia”, que já acumula nove indicações entre os principais prêmios teatrais do Rio de Janeiro, incluindo o prêmio Cesgranrio de melhor direção, e foi indicada como uma das 10 melhores peças do ano na retrospectiva de teatro feita pelo jornal O Globo recentemente.   Em “Ricardo III”, Gustavo Gasparani e Sergio Módena também assinam a adaptação do texto de Shakespeare, que propõe um único ator para “contar” essa história fascinante.   O figurino de Marcelo Olinto se resume a calça jeans, uma blusa cinza e tênis. No palco estão uma luminária, uma mesa, um quadro negro, pilots, um apagador e um cabideiro, com os quais Gasparani “contracena” em cenário criado por Aurora dos Campos.   Essa adaptação de “Ricardo III” entra em contato, de forma clara e simples, com a obra de William Shakespeare. Afinal, as questões levantadas pelo bardo inglês continuam pungentes, pertencem às ruas, aos homens e mulheres de qualquer idade e classe social. Enfim, pertencem ao nosso mundo que, cada vez mais tecnológico, pode ser terrivelmente primitivo quando o lado sombrio de nossa natureza se manifesta perante o mais ínfimo vislumbre de poder.   Um espetáculo de linguagem popular e acessível, que transita entre a construção poética original de Shakespeare e intervenções narrativas para revelar a alma humana. Assim como fazia Shakespeare em seu tempo.  [+] saiba mais osb CANCELADO - OSB - Série Cidade das Artes IV 29/11 Música “Comunicamos o cancelamento do concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira programado para o dia 29 de novembro na Grande Sala da Cidade das Artes. Por orientação médica, o flautista e regente Sir James Galway, que atuaria como maestro e solista no concerto, está impedido de viajar ao Brasil. Por consequência, a participação especial de sua esposa, Lady Jeanne Galway, fica também cancelada pela Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira.   Os espectadores que adquiriram ingressos para o espetáculo têm direito ao ressarcimento dos valores. Para tanto, devem entrar em contato com a Ingresso Rápido, operadora responsável pela venda dos bilhetes, solicitando o estorno da compra. O contato deve ser feito pelo canal em que foi efetuada a transação (internet, bilheteria, pontos de venda etc.) e a devolução será realizada de acordo com o modo de pagamento escolhido pelo cliente.”       Realizada na Grande Sala, a “Série Cidade das Artes” da Orquestra Sinfônica Brasileira oferece grandes concertos com convidados renomados no circuito sinfônico internacional. Entre as atrações destaca-se a estreia brasileira do casal Sir James Galway (regência e flauta) e Lady Jeanne Galway (flauta), em 29 de novembro. Confira a programação completa da OSB no site www.osb.com.br. [+] saiba mais encontro Sergio Encontro - Diretor Teatral 29/11 Arte e Educação Nesse encontro, o diretor Sergio Módena conversará com o público sobre o processo de criação do espetáculo “Ricardo III” ( http://cidadedasartes.org/programacao/interna/255 ), tendo como ponto de partida a adaptação desse clássico de Shakespeare para um único ator. No bate papo, o artista também abordará a ligação entre a concepção da linguagem cênica utilizada (que tem por base um forte procedimento lúdico) e o teatro elisabetano. [+] saiba mais hamlet Encontro com Shakespeare - Hamlet 30/11 a 01/12 Teatro O mundialmente renomado Shakespeare’s Globe apresentará a peça Hamlet – considerada a melhor peça de Shakespeare.   Ao saber da morte do rei, seu pai, Hamlet volta para casa e encontra seu tio casado com sua mãe e já instalado no trono da Dinamarca. À noite, o fantasma do antigo rei exige que Hamlet se vingue de seu ‘assassinato brutal e injusto’.   Envolvendo intriga política e obsessão sexual, reflexões filosóficas e violência, morte trágica e humor selvagem, Hamlet é o ‘poema sem limites’ de Shakespeare:  um gigante na história da língua inglesa e a mais rica expressão da genialidade de Shakespeare.   Com duração de apenas duas horas e meia e com tournées a todos os países do mundo em dois anos, um grupo de atores viajantes apresentará uma montagem natural e surpreendentemente simples desta peça inexaurível.  [+] saiba mais timon TIMON DE ATENAS de Shakespeare 02/12 Teatro A peça “Timon de Atenas”, de Shakespeare, estreou no Teatro Maison de France dia 10 de outubro, na celebrada adaptação do National Theatre de Londres encenada em 2012 que transpõe a trama para os dias atuais. Esta adaptação, do premiado diretor Nicholas Hytner em parceria com Ben Power.   A montagem traz Vera Holtz no papel de Timon, seguindo uma tendência internacional em que mulheres vem fazendo papéis masculinos como um "gênero neutro", sem se travestir para o gênero masculino. Tonico Pereira faz o filosofo cínico e Alice Borges sua fiel assistente.    A adaptação, licenciada pelo National Theatre de Londres à produtora Susan Mace, da Cultural Embassy Brasil transpõe a ação para os dias de hoje, ao centro do poder de uma grande capital federal. (www.culturalembassybrasil.com.br),   SINOPSE: Timon de Atenas é um milionário que festeja seus amigos, a arte e o poder, mas se depara com a ruína. Neste momento de derrocada, é abandonado por todos e cheio de ira e fúria contra a humanidade vai morar nas ruas enquanto manifestantes se preparam para tomar o poder.   [+] saiba mais africa Meus Contos Africanos - Seleção Nelson Mandela 03/12 Arte e Educação Uma viagem pela África através das histórias selecionadas por Nelson Mandela, mostrando as belezas e mistérios da África.  Atividade realizada pela contadora de histórias e especialista em cultura africana, Silvia Carvalho. [+] saiba mais sementes Sementes de Paz - Ilana Pogrebinschi 06/12 Arte e Educação Se você tivesse uma semente e pudesse escolher o que dela nasceria, o que você escolheria? Ilana Pogrebinschi narra contos de paz para florescerem no natal e no ano novo! A contadora utiliza bonecos de papel machê, de pano e convida as crianças a participarem da última história. Todos os contos serão entremeados por canções natalinas tocadas ao violão e flauta transversa. Após a atividade, as crianças plantarão as suas sementes para levar para casa. [+] saiba mais OSB – Concerto da Juventude, Celebração Brasileira 07/12 Música Em sua primeira edição na Cidade das Artes, o Concerto da Juventude da OSB, apresenta o programa Celebração Brasileira sob regência do maestro Roberto Minczuk. O projeto “Concertos da Juventude” é uma ação central realizada pelo Centro de Educação Musical Brasileiro (CEMB), que já acontece há alguns anos no Theatro Municipal. Esses concertos possuem uma premissa didática, onde o maestro conduz a apresentação de maneira a aproximar o público à orquestra, explicando assim do que se trata as obras, questões históricas, informações sobre instrumentos entre outras questões. O ingresso custa R$1,00, trata-se de um valor simbólico a fim de democratizar o acesso do público ao espetáculo. A compra deverá ser feita apenas no dia do concerto, com uma hora de antecedência.  [+] saiba mais piano IV Concurso Internacional BNDES de Piano do Rio de Janeiro 07/12 Música A Cidade das Artes apresenta no dia 7 de dezembro, às 17h, no Teatro de Câmara, os ganhadores do IV Concurso Internacional BNDES de piano do Rio de Janeiro.   O recital apresentará os vencedores do concurso que reúne 27 candidatos de 10 países. O concurso, que nesta edição faz uma homenagem a Magda Tagliaferro e Villa-Lobos, ajuda a descobrir e proporciona oportunidades a jovens talentos da música de concerto.   A entrada é gratuita e os convites serão distribuídos no local duas horas antes do início do espetáculo.    Entrada gratuita. [+] saiba mais nova sinfonia Apresentação da Orquestra Nova Sinfonia 12/12 Arte e Educação A Agência do Bem programou uma festa especial para se despedir de 2014. Serão duas belas apresentações musicais: às 18 horas, recital com os alunos das Escolas de Música e Cidadania, e às 19h30, concerto com os integrantes da Orquestra e Coro Nova Sinfonia. [+] saiba mais zeca Instituto Zeca Pagodinho - Espetáculo "Rio de Bambas" 13/12 Arte e Educação O Instituto Zeca Pagodinho desenvolve um projeto de capacitação artística por artes integradas para crianças e jovens de Xerém – Duque de Caxias. A cada ano um tema musical é escolhido e trabalhado para a montagem de um espetáculo cênico-musical. O espetáculo desse ano chama-se Rio de Bambas, que vai contar como a música se desenvolveu no Rio de Janeiro, desde a chegada dos portugueses em nossas terras, personificando figuras emblemáticas dessa evolução até a formação dos cordões das escolas de samba , com suas marchinhas e alegorias. [+] saiba mais adriana Natal na Cidade das Artes 19/12 a 20/12 Música Nos dias 19 e 20/12, a Cidade das Artes, encerrando a sua temporada 2014, apresenta dois concertos natalinos a preço popular dedicados às crianças. As apresentações terão a regência de Wagner Polistchuk, e a voz e a narração de Adriana Calcanhotto. O programa traz a peça Pedro e o Lobo, composta por Sergei Prokofiev, em 1936, com o objetivo de apresentar às crianças as sonoridades dos instrumentos. O repertório ainda conta com Festa Dos Bichos e diversas Canções de Partimpim, do álbum de Adriana Calcanhotto. Não perca, traga as crianças! [+] saiba mais pastoril Pastoril de Natal 20/12 Arte e Educação  O Pastoril Céu na Terra é uma encenação de três jornadas vividas pelas pastoras e demais personagens até a lapinha, nascedouro do menino-Deus, mesclando elementos de festas brasileiras como pastoris, pastorinhas, lapinhas, folias de reis e reis de bois para narrar a história do sagrado nascimento. [+] saiba mais